Atlas Quantum Tem 24 horas Para Devolver Bitcoin de Investidores

Justiça determina prazo de apenas um dia para empresa liberar saques de Bitcoin em atraso.

Uma decisão judicial determinou que o Atlas Quantum possui até 24 horas para devolver Bitcoin aos seus clientes. Com a ação judicial, a plataforma deverá depositar as criptomoedas de acordo com os valores citados no processo. Segundo o caso, um dos usuários está com saques de Bitcoin em atraso no Atlas Quantum desde o dia 4 de setembro de 2019.

O Atlas Quantum é uma plataforma que opera com a arbitragem de Bitcoin. Porém, desde agosto a empresa enfrenta problemas com atrasos de saques na plataforma. Inconformado com os Bitcoins presos no Atlas Quantum, um investidor conseguiu através da justiça que suas criptomoedas sejam depositadas pela empresa.

Bitcoin preso no Atlas Quantum será devolvido

A plataforma tem 24 horas para devolver o Bitcoin de dois usuários que investiram no Atlas Quantum. A decisão judicial determinou esse prazo através da aprovação do pedido de tutela de urgência apresentado pelos usuários no processo movido em conjunto.

O processo judicial intima o Atlas Quantum a cumprir com a tutela de urgência. Diante do exposto, a empresa deverá depositar mais de R$ 250 mil em Bitcoin em menos de um dia.

Serão feitos três pagamentos que foram indicados na decisão. Na ação consta ainda os endereços em que os Bitcoins devem ser enviados. Desse modo, o usuário apresentou os seguintes valores:

  • 3.71248177 BTC
  • 1.57053769 BTC
  • 1.60436073 BTC

Processo citou notificação da CVM

No processo judicial a notificação da CVM contra o Atlas Quantum foi mencionada. O usuário alega que a plataforma enfrenta problemas com saques de Bitcoin desde o dia 13 de agosto.

Naquele dia, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) atestou que o Atlas Quantum não deveria oferecer publicamente sua arbitragem de Bitcoin. A comissão categorizou a oferta da plataforma como investimento coletivo.

Os investidores alegam que os atrasos com saques acontecem desde que o Atlas Quantum foi notificado pela CVM. Além disso, o processo judicial citou que as criptomoedas não poderiam ficar em posse da empresa por tempo “indeterminado”.

“Não poderia ser retido por prazo indeterminado e o perigo de dano, em razão das diversas reclamações reportadas e aparente crise veiculada”.

Como alternativa, alguns investidores preferem vender os Bitcoins com deságio. Em alguns casos, a criptomoeda “presa na plataforma” está sendo negociada no Atlas Quantum até 80% abaixo da sua cotação no mercado.

O prazo que a justiça determinou para o Atlas Quantum poderá ser usado por outros investidores com o mesmo problema? Deixe sua opinião e compartilhe essa notícia através das redes sociais.

Canal theevolutiontech

Apenas mais um fã da grande rede , um maluco pela internet que passa grande parte do tempo conectado sempre a procura de novidades online , e sempre achando já que a rede é movida por novidades ...

Deixe um Comentário !