Serviço de entregas com robôs promete mudar a cabeça dos consumidores

Robôs autônomos móveis já são responsáveis, semanalmente, por milhares de deliveries ao redor do mundo

Para nós, brasileiros, a ideia de robôs entregadores pode ainda não fazer sentido, mas a verdade é que eles já estão em plena ascensão. Alguns dos principais centros dos Estados Unidos, como San Francisco, já servem como laboratórios de testes para essa tecnologia. Porém, em muitas outras cidades pelo mundo, a exemplo de Milton Keynes, na Inglaterra, ver robôs circularem pelas ruas já é algo, inclusive, corriqueiro.

A Starship Technologies, uma companhia de tecnologia e logística que realiza serviços de entrega com a aplicação de robôs autônomos, está celebrando a marca de 50 mil deliveries nesta semana em 100 cidades ao redor do planeta. Para expandir ainda mais o seu negócio, a empresa aposta em uma mudança “chave” no comportamento do consumidor, que possui demandas mais frequentes por um menor número de itens.

O comportamento em questão é chamado de “top upshopping” e se adequa muito bem a robôs de entrega, com cargas úteis limitadas, mas tempos de resposta rápidos. Precisa de pretzels? Uma garrafa de leite? Em vez de esperar até a próxima viagem até a loja, você pode fazer uso de um robô para levar os itens até sua porta em questão de minutos.

“Desde que os robôs chegaram ao nosso bairro no ano passado, eles se tornaram presenças populares e comuns na comunidade”, comenta Gillian Bailey, moradora de Milton Keynes, ao ZDNet. Ela recebeu a encomenda de número 50.000 feita pela Starship na cidade e garante: “Nossa comunidade sente muita sorte de ter este serviço disponível em nossa área.”

Tecnologia com potencial

O conceito de top up shopping – em tradução livre, compra de suplementos – é crucial para a aceitação do cliente às entregas robotizadas. Não é por acaso que a Starship tem robôs itinerantes em campi de empresas e faculdades, incluindo a Universidade George Mason, na Virgínia. Estudantes universitários e residentes de escritórios, quase sempre à procura de um lanche rápido, são uma base de clientes perfeita e um laboratório ideal para promover as entregas via robô.

A pressão para mudar os hábitos de compra parece estar funcionando em Milton Keynes. Desde a introdução da entrega de robôs há um ano, as casas servidas na cidade cresceram 450%. Os itens mais populares encomendados no ano passado incluem leite, pão e chocolate.

“Foi empolgante ver o aumento desse hábito nos moradores de Milton Keynes. Eles compram mantimentos em várias ocasiões ao longo da semana, agora que têm a opção de entrega autônoma”, afirma Lex Bayer, CEO da Starship Technologies. A Starship, que contrata empresas locais para oferecer serviços de entrega, anunciou que vai adicionar uma segunda loja cooperativa na cidade inglesa.

Fonte: ZDNet

Canal theevolutiontech

Apenas mais um fã da grande rede , um maluco pela internet que passa grande parte do tempo conectado sempre a procura de novidades online , e sempre achando já que a rede é movida por novidades ...

Deixe um Comentário !