​Hackers iranianos roubam informação a empresa de software que trabalha com Governo norte-americano

Foto: Michael Reynolds/EPA

Os “hackers”, auto-intitulados “Iridium” e alegadamente com ligações ao regime de Teerão, terão roubado, pelo menos, seis terabytes de informação à Citrix Systems.

Um grupo de “hackers” iranianos, auto-intitulados o “Iridium” e alegadamente com ligações ao regime de Teerão, roubou uma grande quantidade de informação à empresa de software norte-americana Citrix Systems. A empresa trabalha, por exemplo, com a Casa Branca, o Exército dos EUA e o FBI.

A notícia é avançada pela NBC, que entrevistou Charles Yoo, diretor da Resecurity, empresa de cibersegurança que há muito segue o “Iridium” e denunciou o crime as autoridades.

A Citrix foi sofreu diversos ataques em dezembro e na última segunda-feira, mas o diretor da Resecurity garante que o “Iridium” terá invadido a empresa de software (e permanecido lá desde então) há perto de uma década.

O grupo em causa estará ligado, nos últimos tempos, a outros ataques a agências governamentais de todo o mundo, bem como, por exemplo, a companhias petrolíferas.

Os “hackers” terão roubado, pelo menos, seis terabytes de informação à Citrix Systems. No entanto, e mesmo esclarecendo que não há ainda provas concretas de que o roubo de informação tenha atingido o Governo dos EUA, o diretor da Resecurity lembra que o risco de tal crime é “elevado”.

Enquanto a investigação, a cargo do FBI, prossegue, a Citrix Systems emitiu, entretanto, um comunicado onde explica que os piratas informáticos iranianos “podem ter acedido e roubado documentos comerciais”.

Segundo Charles Yoo, os “hackers” estariam interessados, em particular, em informação confidencial do FBI, da NASA e contratos celebrados entre os EUA e a Saudi Aramco, a pretrolifera estatal saudita.

Em agosto, somente apenas três meses depois de Donald Trump ter “rasgado” o acordo internacional nuclear com o Irão – firmado em 2015, entre o Irão e o grupo 5+1 (EUA, Rússia, China, França, Reino Unido e Alemanha) –, o Presidente norte-americano anunciava o regresso das sanções ao regime de Teerão, a bem de se “alcançar a paz no mundo”

Fonte: sapo

 

 

Canal theevolutiontech

Apenas mais um fã da grande rede , um maluco pela internet que passa grande parte do tempo conectado sempre a procura de novidades online , e sempre achando já que a rede é movida por novidades ...

Deixe um Comentário !